Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Informativos Jurídicos

Newsletter

Nome:
Email:

Nota à Imprensa

Em relação à publicação veiculada por site nesta quinta-feira (9/5), o Conselho Nacional de Justiça esclarece: - O grupo de trabalho instaurado pela Portaria n. 69/2019 do Conselho Nacional de Justiça visa unicamente “avaliar os parâmetros para o uso adequado das redes sociais pelos magistrados”, não possuindo qualquer atribuição de fiscalização ou monitoramento. - A competência correcional do CNJ é exercida exclusivamente pela Corregedoria Nacional de Justiça. - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) zela pelo princípio da transparência na Administração Pública, de modo que todos os grupos de trabalho criados pelo órgão são publicados na Imprensa Oficial.  Brasília, 9 de maio de 2019.   Secretaria de Comunicação do Conselho Nacional de Justiça
09/05/2019 (00:00)

Contate-nos

Duarte & Dias Advogados Associados

Av. 13 de Junho  996  Centro
-  Culturama
 -  Fátima do Sul / MS
-  CEP: 79702-000
+55 (67) 34691154
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia